26 maio 2012

Peças-chave

Olá leitoras, hoje venho dar dicas super úteis sobre peças que fazem diferença no guarda-roupa feminino. Em geral, esse tipo de roupa tem vocação para coringa: veste bem seja nos looks formais ou nos informais. Com isso você poderá montar um closet bacana, pouco a pouco, apostando em itens que poderão ser usados em diferentes looks e ocasiões, por serem peças essenciais.



Bom, irei descrever cada peça e dar exemplos, só irei citar as principais peças (coringas), vamos começar:

Jeans


Nada na moda é mais universal e coringa que este material surgido nos Estados Unidos. Em 1853, Levi Strauss e Jacob Davis usaram a lona de barracas para criar calças. Hoje feito de brim, o jeans serve para ocasiões formais (escuros) e informais (mais claros). Os diversos tipos de cortes também fazem diferença:
  
 Tradicional: Também chamado de cinco bolsos. Veste bem a maioria das pessoas devido ao seu corte, que acompanha as linhas do corpo (cintura no lugar e pernas retas).


          Bootcut: Pernas se alargam do joelho para baixo. Assim, o volume da barra se equilibra com o dos quadris. O ideal é ter em dois tons: mais escura (formal) e mais clara (informal).


       Skinny: Bastante justa, revela bem as curvas, por isso é ótima para as que estão com o corpo em dia.



Camisetas

A primeira coisa a ser considerada na hora da escolha é o tipo de material. As básicas são do algodão, mas se você precisa circular por ambientes formais, invista também em modelos confeccionados em tecidos nobres, como a seda. Sempre é uma peça versátil e, por isso, essencial. Prefere camisetas de panos simples? Então, opte pelas com acabamentos delicados nos punhos e golas, pois são mais charmosas. Há modelos interessantes também com aplicações de correntes, tachinhas e renda.
Quando ao comprimento, as que vão até a cintura formam boas parcerias com blazers e cardigãs. As mais compridas podem ser usadas sozinhas - se tiverem corte largo, valem como opção para quem tem muito quadril. Experimente colocar para dentro da calça apenas uma parte (na frente ou na lateral) - fica um charme!
Para quem é magra, vale apostar em camisetas compridas mais coladas ao corpo, por cima de saias ou calças, com cintinho. A sobreposição é legal com comprimentos diferentes. As mangas podem ser três-quartos, regata, cavadas ou galão. Brancas, cinzas e pretas são as básicas e devem ser as primeiras aquisições, mas as coloridas e com estampas também podem ser versáteis.



Camisas

As revistas de moda amam ensinar - e nós adoramos ler - maneiras diferentes de usar uma camisa básica. Se faz tanto sucesso, deve ter motivo, certo? Aposte em um modelo básico branco, com diferentes acessórios. Considere também pequenos diferenciais, como uma manga interessante ou uma prega nos ombros. Vale aqui o mesmo critério de escolha dos tecidos que vimos nas camisetas. Detalhes na gola, ombros ou mangas devem levar em consideração as partes do seu corpo que você que realçar. Assim, quem tem seios pequenos, pode se beneficiar de laços e jabôs, que aumentam o volume dessa região. Estampas florais dão um ar bem feminino. Se optar por elas, use com um elemento mais neutro para não parecer menina demais. Quanto mais marcante for uma padronagem, menos poderá repeti-la (todo mundo nota, após algum tempo).



Terno

Veio da indumentária masculina e seu nome indica que é composto de três peças: calça, paletó e colete. Este último, porém, quase não é mais usado pelos homens.
Ternos combinam dois importantes coringas, ao mesmo tempo, podendo ser usados separadamente. O blazer pode fazer par com um vestido ou com uma saia - nesse último caso vira o famoso tailleur. É essencial que tenha algum charme nas mangas ou nas golas, além de ser mais justo. Já a calça de alfaiataria reta tende a servir para um número maior de ocasiões, pois transita bem entre o formal e o informal.
Qualquer que seja o modelo escolhido, uma coisa é imprescindível para esta peça em qualquer momento da sua vida: ela precisa ter bom corte e tecido ainda melhor.






Cardigã

Se fôssemos de cardigãs há alguns anos, vocês me questionariam por recomendar um casaco com cara de vovô. E estariam certíssimas, pois eles andavam em baixa mesmo. Mas, ainda bem que isso mudou, pois se trata daquela roupa que não parece estranha em praticamente lugar nenhum: trabalho, happy hour, festinhas... Além de adquirir o ar elegante ou despojado das éças a que é combinada. Podem ser de lã, malha ou tricô, com comprimento até a cintura ou até a metade da coxa. Nude, preto, azul-marinho, cinza e marrom são as cores básicas, mas aposte em um outro tom caso queira deixar o look divertido.
O nome vem de uma homenagem a James Thomas Brudenelle, que no século XIX foi o conde de Cardigan, na Inglaterra. Esse casaco era parte dos uniformes da tropa comandada por ele durante uma guerra. Nas décadas de 1920 e 1930 do século XX, a estilista Coco Chanel criou versões femininas, e o cardigã entrou e nossos armários.


Jaqueta

Talvez você não saiba quem foi Irving Schott, mas uma peça criada por ele hoje veste milhares de pessoas. Trata-se da jaqueta perfecto, assim batizada por ser este o nome dos charutos favoritos do empresário, dono de uma empresa de roupas na Nova York do início do século 1920, esteve no "uniforme" de várias tribos - na década de 1950, usadas por motoqueiros e, trinta anos mais tarde, pelos punks. O modelo acompanha a silhueta do corpo sem ficar largo nem comprido demais, além de não prender os movimentos. Fica lindo com jeans boyfriend, minissaias, shorts jeans e de alfaiataria, vestidos longos ou curtos. Uma alternativa pode ser a jaqueta jeans, que fica bem com vários looks e tem um ar mais informal.

Sobretudo

Apesar de não ser uma peça muito barata, é um bom investimento por ser versátil e nunca sair de moda. O tipo sete-oitavos (de mangas compridas, que vai até os joelhos) é mais acinturado e tem um formato em A - ou seja, é sequinho na altura da cintura e vai se alargando a partir do quadril. Outro modelo é chamado de trench-coat, que é amplo, tem fenda pala larga na parte de trás, tiras com fivelas nos punhos, aba abotoada, bolsos fechados e cinto. O nome significa "casaco de trincheira", em inglês, o que indica sua origem: o vestuário militar de soldados que lutaram na Primeira Guerra Mundial.

Saia

Dizem que o melhor amigo da mulher é o diamante. E podemos classificar a saia como a melhor amiga, pelo menos no que diz respeito ao quesito fashion. Não só existe uma variação tremenda de modelos e tecidos, como é possível recorrer a uma mesma peça em dezenas de produções. Tudo é apenas uma questão de saber escolher uma que, além de funcionar como coringa, combine com seu tipo físico. O tecido define a ocasião: de malha, por exemplo, combina mais com ocasiões informais durante o dia. De seda, shantung ou crepe com jantares e festas.


  1. Evasê: Tem formato de A, ou seja, começa ajustada ao corpo e vai abrindo, no máximo, até a altura dos joelhos. Esse corte equilibra a proporção entre cintura e quadris. É um modelo tão tardicional que circula tranquilamente entre ambientes formais e descontraídos.
  2. Lápis: É recomendada para quem é alta e não tem quadril largo, pois marca bastante as curvas. Tem um ar sensual que, equilibrado com as peças ideais, funciona no escritório e em festas.
  3. Plissada: Aumenta o volume dos quadris, por isso deve ser a aposta apenas das magrinhas.
  4. Minissaia: Use somente se você estiver com pernas, quadris e bumbum em forma, pois é o tipo de peça que revela muito mesmo.
  5. Longa: É a peça do momento, aposta de uma série de grifes bacanas. Há quem ache que são proibidas para as baixinhas, mas discordo. Para elas, vale usar um modelo com a cintura alta para alongar as pernas em relação ao tronco, blusa por dentro, cinto e um casaquinho mais curto. As mais altas, por sua vez, podem investir em proporções novas, como combinar a saia longa com maxitricô ou maxicardigã. Apenas arremate com um cintinho por cima para marcar a silhueta e não ficar com uma forma quadrada.




Vestido preto

 Tanto faz se você tem 20 ou 50 anos: há um vestido preto perfeito para qualquer idade. Maior e mais onipresente peça-chave dos closets femininos, ele não é chamado de pretinho básico à toa: ganha ares aristocráticos se combinado a acessórios e peças de materiais nobres ou vai com você a um encontro desencanado de amigos à tarde.Moças mais jovens podem apostar no comprimento mini e abusar de bordados, babados e laços, mas sem abrir mão de formas mais justas, que revelem as curvas do corpo (caso você esteja em dia com a malhação). Dê preferência a vestidos com forro, que marcam a silhueta sem exagero.Mulheres acima dos 40 anos podem investir em pretinhos básicos que realcem o colo, mas evitando alças finas demais. O comprimento nos joelhos é o mais indicado tanto para elas quanto para quem está na casa dos 50, que fica bem em modelos com mangas mais compridas, como fazia a sempre elegante primeira dama americana Jackeline Kennedy, um ícone fashion.

Legging

A não ser que você vá para a academia, prefira as de tons escuros, como preto ou azul-marinho. Evite usá-la com sandálias. Se for calçar sapatos com salto, ankle boots são a melhor opçao. Mas aposte mesmo é nas sapatilhas, melhor combinação com esse modelo de calça. Ela também vai bem com blusas mais compridas, que cubram o bumbum. Ou compre uma saia pala para cobri-lo, daí sim, pode misturar a legging em um look com camisetas e blazers curtos.


Bom pessoal, o post ficou grande e nem deu para falar de todas as peças, rsrs. Faltou citar os acessórios e os calçados. Então, irei deixar para uma outra postagem, ok?

Espero que vocês tenham gostado. ;)
Fonte: Continue Na moda com Isabella Fiorentino.
By: Jacky Tompson.

28 comentários:

  1. Respostas
    1. Oi Bruna, que bom que gostou.
      Volte sempre!
      Beijinhos.

      Excluir
  2. Adoramos o seu post,é maravilhoso.
    Viemos agradecer por participar de nossa campanha G+1 dando o seu clik.
    Desejamos a vc um ótimo domingo.
    Super beijos da Glorinha.
    http://sbrincos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Realmente sao peças "tem que ter" http://blogdavine.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Bom dia amore vim desejar
    ઇઉ ótima semana ✿◠‿◠✿
    postei meu sapato da sexy
    e tbm adoraria sua opinião
    obrigada =)
    comente e deixe seu link ok
    e participe dos sorteios!!
    fique com Deus
    Bjinhoxx ✿◠‿◠)✿
    /(.”)__☆
    /||\
    _||_
    www.coisasdeladdy.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma ótima semana para vc tbm, obrigada pela visita, irei visitar o seu tbm ^.^
      Beijinhos.

      Excluir
  5. Adorei o post.
    Peças basicas, mas inspiradoras!!!
    Estou seguindo aqui e se vc puder me visitar e também seguir ficaria feliz, ok!?
    Um big bj ;*
    http://angelpoubel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Angel, obrigada por seguir, irei visitar o seu tbm. Beijinhos.

      Excluir
  6. Estou louca por um cardigã. Adorei a postagem.
    Seguindo *--*

    http://justpaulablog.blogspot.com/
    @justpaulla

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paula, realmente um cardigã é essencial, obrigada pela visita e que bom que gostou. Beijinhos.

      Excluir
  7. adorei o blog, lindo mesmo e um super conteúdo,parabéns!
    seguindo >< obg por seguir o meu.
    http://cherryinfinit.wordpress.com Beeijos :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luana, que bom que gostou e muito obrigada por seguir.
      Beijinhos.

      Excluir
  8. Eu só não curti muito o terno e a calça boca de sino, beijos.
    http://fasesdegarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, realmente algumas pessoas ainda não se adaptaram a volta dessa calça, que chamamos de flare, e o terno é como eu expliquei no post, não necessariamente terá que usar as três peças do terno, mas é legal ter para ocasiões mais formais, mas é óbvio que se não te agrada não precisa ter, rs. Eu só dei algumas opções, aí as pessoas escolhem as que mais agradar.

      Excluir
  9. Oi amor, adorei o post. Depois dá uma passada lá no blog pois, te coloquei nos melhores da semana (: Beijos!

    elaacredita.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou!
      Que legal :D já estou indo lá ver ^.^
      Beijinhos.

      Excluir
  10. Nossa adorei suas dicas de moda... Os sobretudos, amei, pena que aqui não tem clima para usar muito, as camisas tbém estão lindas... Continue assim...
    Obrigada por visitar meu blog...
    bjos e Parabéns pelo blog...

    ResponderExcluir
  11. Realmente, são pessas chaves.. todo mundo deve ter no guarda-roupa ;)

    Beijos
    http://conectanamoda.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Lindas roupas..... entrei pq procuro uma blusa branca de babados como esta lindissima aqui.....mas não encontro em santo andré....bjoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada.
      Infelizmente não posso te ajudar, pois moro no Rio.
      Bjs.

      Excluir

Obrigada por comentar no Blog "Estilosa e Feminina".
Beijinhos e volte sempre!

Criado por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo